Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Acne na idade adulta – Entenda as causas e saiba como tratála

Apesar de ser bastante comum na adolescência, engana-se quem pensa que as espinhas também não surgem tardiamente. Muitas pessoas sofrem com a acne na idade adulta que, além da questão estética, costumam ser dolorosas.

Geralmente, a acne tardia surge por volta dos 25 anos e pode se estender até os 50 anos. Para quem sofre com o problema, a boa notícia é que alguns procedimentos apresentam resultados eficazes no tratamento e na prevenção das espinhas. Acompanhe este texto e saiba mais sobre o assunto!

Principais fatores para o surgimento da acne na idade adulta

A alteração hormonal é um dos principais fatores. Geralmente, mulheres com síndrome de ovários micropolicísticos são mais suscetíveis ao aparecimento de espinhas, que, normalmente, se concentram na região do queixo e do pescoço.

Quem tem a pele oleosa, ou já sofreu com acne na adolescência, também tem predisposição para isso, contudo, há ainda outros fatores relacionados à acne na idade adulta:

  • Estresse: pessoas estressadas e que não dormem bem podem ter o nível de cortisol alto, o que aumenta a fabricação de óleo pelas glândulas sebáceas e, consequentemente, contribui com o surgimento das espinhas.
  • Dieta desequilibrada: o consumo excessivo de açúcar ou leite apresentam relações com a acne.
  • Oleosidade: pessoas com pele oleosa têm uma tendência maior ao surgimento de espinhas, além disso, o uso excessivo de cosméticos com óleo na fórmula e a limpeza incorreta da maquiagem também podem agravar o problema.
  • Predisposição genética: Em alguns casos a acne na mulher adulta tem causas genéticas.

Tratamentos

As espinhas inflamadas e doloridas da idade adulta surgem a partir de um cravo preto ou branco, por isso, é essencial manter a pele limpa e controlar a oleosidade para evitar a aparecimento desses pontinhos incômodos.

A recomendação é lavar o rosto duas vezes ao dia com sabonete específico para combater a oleosidade, fazer uso de adstringente e sempre retirar a maquiagem no fim do dia. Além disso, é importante optar por filtro solar livre de óleo e produtos não comedogênicos, ou seja, que não obstruem os poros, evitando assim o surgimento de cravos.

Os tratamentos de acne tardia devem sempre ser feitos com acompanhamento médico, o profissional indicará os produtos mais adequados para curar e evitar as lesões na pele e dependendo da gravidade da acne será necessário remédio de uso oral.

Além dos cuidados acima, alguns procedimentos estéticos complementam o tratamento e apresentam resultados eficazes:

  • Peeling: o peeling químico melhora o aspecto da pele e ajuda a suavizar as cicatrizes.
  • Led: A luz de led azul elimina as bactérias da pele e tem ação anti-inflamatória, ela previne o surgimento de novas espinhas e também é positivo no tratamento daquelas que já se formaram.

A acne na idade adulta é bastante incômoda e você não precisa sofrer com esse problema. Procure um dermatologista e veja qual o tratamento mais adequado no seu caso. Além disso, não se esqueça de manter os cuidados diários de limpeza e hidratação com produtos específicos para o seu tipo de pele.

Você conhece alguém que sofre com acne tardia? Compartilhe este texto em suas redes sociais e ajude outras pessoas a ficarem por dentro do assunto!

0/5 (0 Reviews)

Deixe um comentário

Assine e receba conteúdos exclusivos e atualizações do blog