Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Manchas na pele: Por que elas acontecem e como evitar?

As manchas na pele acontecem por diversas situações e é comum que elas causem um certo incômodo, especialmente quando aparecem no rosto, afinal, além de questões estéticas, elas podem indicar problemas mais graves. Por isso, sempre que notar algo diferente em sua pele, procure um dermatologista para analisar o caso.

 

A situação pode acontecer com mulheres de diversas idades que, geralmente, recorrem à maquiagem para disfarçar as manchas.

 

Quer descobrir quais são os principais fatores que ocasionam manchas na pele e como preveni-las? Continue a leitura e saiba mais!

Principais causas de manchas na pele

Exposição ao sol

A exposição prolongada ao sol é bastante prejudicial para a pele, ocasionando em manchas de coloração acastanhadas e escuras nas áreas que ficam mais expostas, como rosto, braços, colo e mãos e, geralmente, elas aumentam com o decorrer da idade. Além disso, esse hábito pode ser tornar um fator de risco para o câncer de pele.

 

A prevenção desse tipo de mancha é feita com o uso do filtro solar com FPS de 30 pelo menos, que deve ser aplicado todos os dias, inclusive, quando estiver nublado. Também é recomendado utilizar proteções físicas como chapéu e guarda-sol e evitar se expor ao sol entre 10 e 16 horas.

 

Se sua pele já apresenta manchas por esse motivo, alguns procedimentos podem minimizar a situação. O uso de cremes clareadores é um dos mais comuns, porém, é necessário procurar um médico especializado para descobrir qual a formulação mais adequada para seu tipo de pele.

 

Além dos cremes clareadores, tratamentos com luz intensa pulsada, laser, peelings, Microagulhamento e MMP® também são excelentes para fazer a renovação celular e alcançar um tom uniforme da pele.

Gravidez

As alterações hormonais da gravidez, aliadas à exposição aos raios solares, podem favorecer o aparecimento de melasmas — hiperpigmentação da pele que pode ir do castanho-claro ao marrom-escuro.

 

Após a gravidez as lesões podem diminuir, entretanto, é comum que elas reapareçam ou se intensifiquem devido à novas exposições solares, sendo assim, os cuidados com a pele devem ser constantes.

 

Para evitar o problema é fundamental se proteger do sol, com acessórios e o uso de filtro solar ou bloqueadores. O tratamento para melasma na gravidez deve ser feito com acompanhamento do dermatologista, já que pode haver contraindicações de produtos e procedimentos estéticos durante a gestação.

Acne

As técnicas para minimizar as manchas de acne são variáveis, o peeling físico, a luz intensa pulsada, alguns lasers além do Microagulhamento podem apresentar bons resultados em alguns casos.

Alergias

As manchas vermelhas podem ser indicativos de alergias ou doenças de pele, como dermatite e rosácea, essa última costuma aparecer no fim do dia, após o banho ou devido à ingestão de bebidas alcoólicas e alimentos apimentados. Já a dermatite pode ser causada por alergia a bijuteria, esmalte, perfume etc e pode resultar em lesões inflamatórias e irritação.

 

Para prevenir o surgimento dessas manchas é preciso descobrir o que causa o sintoma e evitar o uso ou o consumo dos produtos, isso pode ser feito, por exemplo, com um teste alérgico de contato, (procedimento que investiga as substâncias que resultam em alergia na pele). Já o tratamento é feito com medicamentos tópicos ou orais dependendo da situação.

 

Esses são alguns fatores que causam manchas na pele, esperamos que o texto tenha esclarecida suas dúvidas sobre o assunto! Contudo, não se esqueça de marcar uma consulta com uma dermatologista para ter um acompanhamento personalizado e realizar o tratamento mais adequado.

 

Gostou do conteúdo? Ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Escreva pra gente!

Por: Agência Mostra

Assine e receba conteúdos exclusivos e atualizações do blog

Open chat