Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

O poder do laser fracionado

Se você acompanha o blog ou alguma rede social minha já deve ter me visto falar de tratamentos com laser. Essa técnica é de fato uma grande revolução na dermatologia capaz de agir nas mais diversas áreas do corpo e com vários propósitos, mas hoje eu vim falar de um método de rejuvenescimento facial.

Quando falamos de rejuvenescimento facial não estamos falando apenas da aparência de alguns anos a menos, mas sim da remoção de manchar, amenização de rugas, marcas de acne e principalmente da saúde da pele. Então se algum desses tópicos te interessa, esse texto pode ser para você.

Antes, é preciso entender o que é o laser: é uma luz que penetra na pele e pode ter várias intensidades, desde a mais branda e superficial até a mais forte e profunda. Claro que inúmeros fatores são levados em consideração antes da definição de qual método vai ser utilizado, por exemplo, se o objetivo for aumentar a produção de colágeno e o diagnóstico do paciente permitir, quanto maior for a penetração dessa luz na pele, maior será o estímulo dessa substância fundamental para a firmeza e elasticidade da pele.

Aqui na Clínica Marcella Ledo nós utilizamos uma das tecnologias mais modernas, um laser que reúne a luz intensa pulsada e o laser Erbium fracionado. Graças à essa combinação, que para você pode parecer confuso, é possível conseguir um tratamento seguro de fotorejuvenescimento, sendo altamente indicado para quem deseja tratar rugas, flacidez, manchas e cicatrizes de acne, por exemplo, sem ficar com o aspecto de rosto plastificado.

A energia do laser fracionado, que pode ser feito em qualquer tipo de pele desde que um dermatologista dê o aval, causa descamação e vermelhidão mínimas na pele e essa reação é fundamental. São essas lesões que aceleram o processo de liberação da pele antiga para o surgimento da nova. Durante a aplicação são comuns os relatos de pacientes que dizem sentir um aquecimento tolerável no local da aplicação seguida de uma sensação de queimadura leve, que dura algumas horas, é importante saber que é normal esse quadro e que não é uma reação adversa ao tratamento.

Nos dias seguintes há necessidade de uso de creme leve, o dermatologista indica produtos para a recuperação rápida da pele como a água termal para acalmar a pele e por se tratar de um laser fracionado não agressivo, pode-se dizer que há muito pouco efeito colateral. A vermelhidão, aspecto bronzeado e descamação são processos normais e que não devem causar preocupação.

Se você tem curiosidade de saber se esse tratamento é indicado pra você, agende sua avaliação e tire todas as suas dúvidas. Estamos à disposição!

Assine e receba conteúdos exclusivos e atualizações do blog